Natiele Lopes. Tecnologia do Blogger.

Capítulo 7

                                                 (Fic Never Gonna Be Alone)


Pov Especial Claire.

-E meu Quil continua sendo o Michael Copon....kkkk Só muda as Claire =)-http://br4.in/Pfsys


Hoje já fazia exatamente um ano que Sam havia morrido,assassinado por vampiros que invadiram as nossas terras á procura de algo que até hoje desconhecemos.

Sam era o meu tio e marido da tia Emily que só não desabou naquela época com a noticia por causa do filho, Seth,que só tinha dois aninhos de idade,um menino muito lindo, forte e determinado assim como o pai que é hoje praticamente o único consolo de Emily que vive seus dias abatida.

Todos sabem que o coração da tia esta destroçado por dentro,eu mesma quase morri quando vi o Quil, hoje meu namorado e na época meu melhor amigo a beira da morte,o combate foi muito feio e outros lobos infelizmente faleceram assim como Sam e meu Quil uns dos únicos que sobreviveu voltou para casa muito machucado e ficou semanas e semanas entre a vida e a morte.

O que eu senti foi tão forte naquele momento que cheguei a pensar que iria sufocar de tanta dor,chorei,me desesperei,não sai um minuto sequer do lado do meu amor que para minha felicidade acordou dizendo que me amava e que me queria muito mais que só uma grande amigo.

Naquela época eu só tinha 16 anos e a única responsável por mim era minha tia Emily que ficou meio excitante em deixar e permitir a nossa relação mais depois não ouve jeito e ela acabou aceitando e me deixando ser feliz.

Não por inteiro, é claro, por que eu ainda me sentia ameaçada, ainda mais agora que estávamos sem um líder, isso nunca havia acontecido, em lugar nenhum e em bando nenhum,o que deixava a todos muito amedrontados, inclusive os anciões que botavam fé em Seth,mais ele infelizmente ainda é muito pequeno e jovem para assumir tal responsabilidade e ninguém podia esperar,por que aqueles sanguinários sem coração poderiam voltar a qualquer momento e matar as nossas famílias,a minha família,o meu Quil e isso eu simplesmente não podia permitir.

Então um dia por descuido e sorte da minha parte eu escutei Leah minha melhor amiga,falar com a mãe dela sobre o tio,um filho legítimo do alfa Billy,também morto por vampiros a muitos anos atrás,ao que parece ele ainda estava vivo,perto e com uma impressão,uma garota chamada Renesmee que tinha a mesma idade que eu.

Quando escutei aquilo o meu coração só faltou saltar de meu peito com o tamanho do alivio que senti diante de uma nova esperança para o meu povo’’Meu deus nos estávamos á salvo”Eu pensei naquele dia e corri para investigar o paradeiro dessa tal garota.

Confesso que não foi muito fácil tirar essas preciosas informações do meu Quil, mais eu era muito esperta e sabia seduzir um homem muito bem, quer dizer o meu homem, aquele que era louquinho por mim e sempre fazia tudo o que eu queria.

Enfim descobri muita coisa e juntei as pistas todas,Renesmee era uma órfã adotada por Rebecca irmã de Jake e ambos os dois viviam numa casinha pequena no meio da floresta,ela estudava na única escola de Focks e era uma garota meiga,incrível,linda de cabelos castanhos avermelhados,pele alva,estatura pequena e rosto em forma de um coração.

‘’Perfeito”Agora o meu ultimo passo era ir atrás dela e convencê-la a pelo menos me ajudar,nem que pra isso eu tenha que me ajoelhar aos seus pés e implorar.

Sim eu estava disposta a tudo,mais para esse plano dar certo e ter sucesso eu tive que despistar o Quil,por que ele provavelmente nunca me deixaria ir lá e cometer essa loucura,que pra mim era um modo desesperado de conseguir ajuda e salvar as pessoas que mais amo nessa vida.





Pov Renesmee.

No capitulo anterior.


-Então Claire?-Suspirei pesadamente olhando para ela-O que você tem a me dizer que é tão importante assim?-Perguntei.


Continuação...

-Renesmee eu sei que você não me conhece- Claire constatou.

-Não mesmo- Concordei sorrindo e ela prosseguiu.

-Mais eu lhe conheço... Bem pode até parecer meio estranho mais é exatamente por isso que eu estou aqui-Ela declarou me deixando confusa com aquela afirmação.

-Como assim?Você me conhece- Perguntei relutante.

-Eu ouvi uma pessoa falar de você -Respondeu- Conhece a Leah?

-Leah?-Repeti aquele nome com a voz entrecorta pela surpresa que eu estava naquele momento- Mais... Mais-Relutei um pouco em dizer a palavra “loba” ciente que Claire provavelmente estava blefando com tudo aquilo.

-Loba-Ela completou assentindo- Sim,é dela mesmo que eu estou falando.

-Você a conhece também?-Quis saber de imediato, naquela hora eu não estava somente confusa mais também muito assustada, afinal de contas o nome “Leah” foi à mamãe que sugeriu a ela.

-Sim, ela é a minha melhor amiga... E loba assim como o Jake e o Quil,meu namorado-Me informou calmamente como se aquilo fosse a coisa mais normal do mundo e nessa hora a minha cara foi ao chão- Renesmee eu seu que não tenho direito algum de lhe pedir um favor...mais a minha família,o meu namorado e La Push inteira estão correndo um grande perigo e eu não posso deixar que isso continue.

-Olha,eu nem sei quem é você e tenho que ir embora-Eu tentei fugir um pouco assustada com aquela historia toda,mais Claire não deixou segurando o meu braço.

-Calma Renesmee...me deixe pelo menos explicar-Ela implorou.

-Me solta- Ordenei enfurecida.

-Para, por favor... Você precisa nos ajudar-Ela voltou a repeitir- Escute bem,os vampiros estão de volta e eles podem nos atacar a qualquer momento,por que estamos completamente vulneráveis a isso...será que você não entende,Jake é a nossa única solução.

-Como você sabe do Jake?-Eu precisava saber.

-Por que ele também era de La Push oras, filho do nosso alfa...

-Alfa- Repeti aquilo confusa e ela pareceu entender.

-Você não sabia?-Claire quis saber meio assustada.

-Me fala a verdade Claire.... Você por acaso é de algum jornal não é?...Pois então saia daqui,eu não tenho nada a declarar e fica longe do Jake e da Leah,ouviu bem?- Ameacei,só poderia ser isso,ah meus deus como eu fui estúpida e coloquei a vida do meu lobinho em risco...e agora?Como eu vou sair dessa.

-O que?-Ela me perguntou estapafúrdia- Jornal?Do que você esta falando... Não eu não sou de jornal nenhum.

-Não?Então quem é você afinal?-Rebati.

-Eu? Sou apenas uma namorada desesperada para salvar o amor da minha vida que já ficou entre a vida e a morte por causa daquelas pragas que vivem a nos amedrontar- Claire respondeu aos prantos me deixando com muita pena mesmo dela nessa hora e ao mesmo tempo desolada- Sam o nosso único alfa esta morto e ninguém mais pode nos liderar a não ser Jake Renesmee,único filho homem de Billy...por favor ó convença a voltar para La Push...precisamos de ajuda-Ela se ajoelhou em minha frente e se agarrou as minhas pernas.

-Eu não sei do que você esta falando-Confessei meio tonta- Vampiros, lobos, Alfas... O que é isso?-Perguntei chorando.

-Renesmee...-Ela se levantou me encarando de uma maneira estranha e quando se preparava para dizer algo fomos interrompidas por um cara que á chamava desesperadamente.

-CLAIRE NÃO FAÇA ISSO... ELA NÃO SABE DE NADA-Ele gritada em pleno pulmão me deixando mais aterroriza ainda.

-Você não sabe?-Ela sussurrou mais para si mesmo do que para mim largando os seus dois braços um em cada lado de seu corpo.

-Eu não sei o que?-Consegui perguntar antes que ele chegasse até nos e eu ficasse mais confusa ainda.

-Me desculpa-Ela soluçou colocando a mão na boca-Eu estrague tudo- Eu a agarrei pelos ombros e comecei a chacoalha - lá.

-TERMINA DE FALAR... QUEM É VOCÊ?COMO ME CONHECE?COMO CONHECE O JAKE E LEAH?-Eu comecei a gritar, chega, eu já estava cansada de todas aquelas pessoas me deixando sem explicações, me deixando confusa com tudo isso,eu simplesmente não agüentava mais.

-Eu não sabia que Jake não havia lhe contado sobre nos- Ela repetiu fungando.

-Como ele poderia me contar alguma coisa,se ele não fala...Jake é um lobo e lobos não falam- Constatei a Claire que arregalou os olhos.

-Co-como?-Ela falou desacreditada e aquele mesmo homem que havia gritado por ela,chegou até nos e a puxou para ele.

-Claire não diga mais nada-Ele pediu.

-NÃO ELA VAI ME DIZER SIM- Ordenei e ele me encarou meio amedrontado, o que foi bem estranho por sinal, comparado aos seus quase dois metros de altura em relação a mim que só tinha 1;61.

-Renesmee,simplesmente não podemos... -Ele tentou me dizer.

-Sim vocês podem... Anda me digam,quem são vocês e da onde conhecem o Jake?

-Jake é um transformo Renesmee- Claire soltou isso e o cara enorme a encarou com uma postura rígida e preocupada.

-Transformo... -Repeti aquilo para mim mesma - E o que isso significa?-Falei em um fio de voz.

-Significa que ele é um homem que se transforma em lobo- Dessa vez foi o tal cara que me falou.

-Homem...não,não vocês estão mentindo...Isso não pode ser verdade...Saiam daqui,SAIAM DAQUI –Comecei a gritar completamente descontrolada,aquilo não podia ser verdade,aliais por que eu ainda estava aqui falando com esses loucos?Eu mal os conhecia.

-Renesmee se acalma... -Claire me pediu tentando se aproximar cautelosamente de mim novamente que me afastei dela e comecei a correr como uma louca.

Nada daquilo me fazia sentindo, por que todos eles queriam me enlouquecer?Deixando tudo entre linhas, primeiro mamãe e agora esse casal, o que eles queria de mim?Por que estavam falando tudo isso?O que aconteceu meu deus?Por que tudo começou a mudar tão rapidamente, por que eu me sinto como num barco que está preste a me afundar a qualquer momento e levar tudo o que eu tenho de mais valioso nessa vida?-Comecei a me perguntar sem parar de correr a nenhum momento, pelo menos não antes de chegar até às divisas e avistar Jake,me esperando como sempre,hoje meio agitado,talvez pela minha demora.

Era mentira, Claire estava blefando, ele não pode ser um homem, que idéia mais sem cabimento, Jake é o meu lobinho, meu melhor amigo, jamais seria humano, isso era impossível.

Atravessei a primeira rua e comecei a gritar para que Jake fosse embora, com medo de que Claire e Quil fossem de algum jornal,circo ou qualquer algo do tipo,talvez eles tivessem visto Jake,pesquisado a minha vida e agora queriam o meu amigo para apresentar aos humanos.

Não eu não ia deixar,ninguém iriam fazer mal ao meu amigo,pelo menos não enquanto eu estiver viva.

-JAKE SAIA DAQUI....CORRE-Gritei para ele antes de sentir um impacto muito forte bater em meu corpo e me derrubar violentamente no chão me fazendo bater com a cabeça no asfalto e sentir muita dor mesmo nas minhas pernas.

Então a partir dali tudo aconteceu muito rápido...

Primeiro eu somente escutei sons distintos como o grito de uma mulher desesperada por socorro, a voz de Claire e de Quil vindo ao meu encontro, mais o que me deixou mais chocada e me fez perder totalmente o foco foi o que eu vi depois.

-Jake?-Sussurrei quase sem forças para proferir algo a mais que aquelas meras palavras diante de um homem desconhecido por mim, ele estava nu, era muito alto, talvez mais ainda que o Quil,musculoso,aparentava ter mais ou menos vinte e cinco anos e era o cara mais lindo e maravilhoso que eu já havia visto até hoje na minha vida,nada poderia se comparar a sua beleza,que era simplesmente indescritível.

Aquele homem também chorava muito, parecia sentir muita dor, arrependimento e naqueles mesmos olhos negros eu me prendi como um imã que me proibia de desviar os meus olhos ou até mesmo fechá-los naquele momento, não eu não queria perder nenhum segundo, não queria deixar de olhá-lo nem que fosse pela ultima vez, mais infelizmente eu não conseguia lutar contra a inconsciência que cada vez mais me tirava do mundo real, que para mim hoje se tornou um mundo de farsas.

-Nessie fica comigo meu amor- Seus braços me rodearam protetoramente e eu fui tirada do chão e acalentada por um calor reconfortante que emanava de seu peito nu em contato com o meu rosto e dali eu só me lembro que eu cai na mais completa inconsciência, sem ao menos consegui perguntar “Por que você mentiu?”

Pov Jacob.

Assim que nessie adormeceu pelo dia exaustivo naquela cachoeira “da tentação” Rebecca venho me procurar.

“-Já está decidido Jacob Black- Ela disse entrando em meu quarto como um furacão.


-Já está decido o que Rebecca?- Quis saber confuso, lá vinha a minha irmã de novo achando que eu era adivinha “só pode”,mulheres,só espero que nessie não seja assim como a mãe.


-Que eu vou contar “tudo” para a nessie amanhã mesmo...e você- Ela apontou um dedo na minha cara-Não vai me impedir,pelo menos não dessa vez e ponto final.


-O que?-Me levantei surpreso da minha cama, lugar a onde eu estava quase caindo no sono se não fosse essa intromissão da minha irmãzinha querida.


-Isso mesmo-Ela confirmou-Se você não quer contar,tudo bem-Declarou remexendo as mãos-Deixa que eu mesma conte.


-Não...você não tem o direito de fazer isso- Rebati meio descontrolado,era incrível como esse tipo de papo quando vinha de Rebecca conseguia me tirar do serio.


-VOCÊ É QUE NÃO TEM O DIREITO DE ESCODER ESSE MERDA TODA E AINDA... Por cima me colocar de cumprisse.


-Para de gritar Rebecca- Falei entre dentes e corri para trancar a porta, numa tentativa desesperada de abafar a histerismo da minha irmã - Para de gritar,quer que a nessie escute e venha até aqui?


-Sim,eu quero muito mesmo que isso aconteça-Ela se virou para me encarar - Por que,quem sabe assim ela não vê de uma vez por todas essa suas fuças de lobo medroso e CRETINO.


-Terminou?-Perguntei sarcasticamente tentando esconder que essa ultima parte me deixou bem ofendido.


-Não eu não terminei... Aliais, eu nunca vou terminar, pelo menos não antes de você jogar toda a verdade no ventilador e encarar essas malditas conseqüências de frente.


-Rebecca eu vou fazer isso- Constatei.


-Você já deveria ter feito isso Jake-Rebecca declarou um pouco mais calma, o que me fez também abaixar a guarda, não adiantava discutir, Rebecca estava certa.


-Eu juro que dessa vez a culpa não foi minha....-Tentei dizer chegando mais perto de Becca que havia sentando em minha cama e colocado as mãos esparramadas no colo.


-Desta, da outra e da próxima que virá... Você sempre diz isso-Eu peguei em suas mãos e as coloquei uma em cada lado do meu rosto-Quando você vai cumprir com as suas promessas meu irmão?... Eu quero viver em paz Jake,em harmonia e não com essa culpa que carrego em meu peito...Lá em cima-Ela olhou para teto- Esta dormindo uma garota que é a coisa mais importante que eu tenho nesse mundo assim como você....E eu queria tanto viver bem com os meus dois amores,viver bem com a minha família...Eu,Renesmee e o Jacob Black homem e não o Jake lobo,por que esse podemos deixar só para as situações mais importantes -Becca sorriu sem humor e começou a chorar baixinho.


-Becca...Eu já decidi,vou contar a nessie toda a verdade...E juro pelo o nosso pai que dessa semana não passa...logo na primeira oportunidade e se for possível amanhã mesmo Renesmee vai saber quem eu sou e que se dane as conseqüências por que eu estou aqui para encerrá-las.


-Errado-Becca me corrigiu-Nos estamos aqui para encerrá-las -Completou abrindo um enorme sorriso para mim.


-Exatamente- Concordei.


-Por que eu não consigo ficar brava com você por muito tempo?


-Por que eu sou o seu único irmão caçula lindo e gostosão- Respondi pomposo e Becca me deu um abraço bem apertado.


-Eu te amo muito seu cabeça dura- Sussurrou no meu ouvido.


-Eu também te amo sua histérica- Rebati e ela depois de alguns segundos saiu do meu quarto.


Já eu? voltei para minha cama e sonhei a noite toda com nessie*que vocês sabem bem como né?"

E no dia seguinte como o prometido eu me preparei para abrir o jogo de uma vez por todas com Renesmee,mais infelizmente os meus planos foram por água á baixo com a saída dela.

Que ao que parece,ia para à casa de uma amiga, Jane,se eu não me engano, uma riquinha gente boa.

“-Eu não acredito que isso aconteceu logo hoje- Resmunguei encostado na pia de louça enquanto via Rebecca preparar um bolo,que parecia ser de chocolate,o preferido de nessie.


-Você queria que eu fizesse o que?Disse-se não?-Assenti,sim era exatamente isso que eu queria- Ah Jake,larga a mão de ser chato,Renesmee praticamente nunca sai,deixa a menina se divertir,ela merece.


-Ela podia ter saído comigo-Rebecca revirou os olhos e começou a bater a massa com força.


-Ela é minha filha Jake e não sua propriedade- Rebateu um pouco irritada.


-Não eu estou dizendo isso...


-Então pare de ficar ai resmungando e vai treinar o que você vai dizer a ela amanhã.


-Eu vou sim-Assenti-Mais vai ser lá na divisa...vai que a nessie resolva chegar antes da 6?


-Você é impossível... -Minha irmã riu e eu sai da cozinha com uma maça nas mãos, que depois de comer eu joguei fora o resto e me transformei num lobo e corri em direção a divisa.


“Talvez às coisas na casa da Jane não sejam tão divertidas quanto aqui e ela volte mais cedo”-Pensei quando me divertia pelo caminho ansioso para chegar logo ao meu destino.


E quando isso aconteceu, eu juro que fiquei muito decepcionado.


Nessie não estava lá! e a minha única solução foi esperar por ela ali mesmo.


-


-


-


3 horas depois...


Um carro preto estacionou bem em minha frente e ela estava lá dentro, linda e com uma carinha de assustada “O que será que aconteceu?” Me perguntei preocupado.


Mais resolvi esperar,ainda mais quando vi que ela não estava sozinha lá dentro,havia um cara também e isso fez o meu segue ferver e o meu corpo amolecer logo depois,quando ela olhou para mim e sorriu tentando sair do carro.


-Calma-Aquela palerma pediu impedindo que ela saísse.


-Não eu tenho que ir-Ela tentou novamente mais o tal de “Alec”como ela mesmo o chamou fechou a porta- Pode abrir a porta, por favor?-Pediu educadamente.


-Calma,não vai agora....Eu quero falar com você primeiro- Esse cara deve estar pedindo pra morrer né?Só pode “Eu juro que se ele não abrir aquela porta agora, eu mesmo faço isso e vai ser do meu jeitinho todo especial... se é que me entende."


-Então fale-A minha pequena falou de um modo impaciente e eu sorri por dentro”toma essa papudo!


-Sabe o que é Renesmee... Eu na verdade nem sei como começar, é meio difícil pra mim esses tipos de coisas, complicado- complicado?Vai ser a minha mão saindo do meio das suas fuças, oh pivete.


-Alec eu não estou entendendo o que você quer dizer- Minha nessie disse de um jeito inocente.


-Pois é,então eu vou ter que te mostrar-Ele finalizou se aproximando mais da minha garota até...”NÃO,NÃO ESPERA AI ELE ESTA BEIJANDO A MINHA NESSIE?....AQUELE FDP,EU VOU MATAR ESSE MISERAVEL...COMO ELE OUSA ENCOSTAR NELA?”Pensei completamente descontrolado com a cena que eu via em minha frente e sem chão.


Meu deus!Eu nunca imaginei sentir algo como aquilo antes, meu coração ficou tão despedaçado e desolado naquele momento que o mais frustrante foi ter que assistir aquilo de camarote e não poder fazer nada para impedir.


Por quê?As minhas patas simplesmente não se mexiam, na verdade elas estavam fincadas naquele chão úmido e meus olhos molhados por lagrimas de dor,mais uma dor tão aguda que eu simplesmente não consegui controlar o uivo que saiu depois rasgando a minha garganta.


Será que tudo estava acabado?Será que eu havia perdido a minha nessie para aquele ali?E dessa vez para sempre?"

Continua...
                                               By:natineces.

0 comentários:

Postar um comentário

Comente,critique,elogie e de as suas sugestões,mais sem ofensas ok?Que eu sou muito sensível rsrsrs.

Seguidores

Instagram

Neces In Love Story Copyright © 2013 - Todos os Direitos Reservados