Natiele Lopes. Tecnologia do Blogger.

Capítulo 5

(Fic Never Gonna Be Alone)

Eu me chamo Renesmee, ou somente nessie”Meu apelido de infância” tenho 16 anos e moro numa casinha pequenina no meio da floresta com Rebecca,minha mãe adotiva e Jake,o meu lobinho protetor.

Minha vida é bem simples aos olhos de muita gente, porém eu mesma adoro ela,por que eu gosto de ficar perto da natureza,do meu jake,conversar mais tempo com a mamãe e aprender coisas novas para ser no futuro uma moça prendada.

Meu maior sonho,é me casar e ter a minha própria família e se um dia isso vier a acontecer, eu lhe garanto que não vou passar vergonha  na frente do meu noivo,por que eu ao contraio de muitas adolescentes já sei cozinhar,lavar roupa,passar,costurar,bordar e limpar a casa direitinho.

-E agora,só falta o pretendente-Eu dei um pulo pra trás e encarei mamãe pelo reflexo do espelho assustada.

-Mãe- Coloquei a mão no peito e me virei para fita-lá.

-Você demorou nessie e eu só vim ver se estava tudo bem-Ela se defendeu e continuou- Ainda com essa mania de falar sozinha filha?

-Eu nem percebi-Assumi sem graça e ela sorriu.

-É eu sei.

-Deve ser por causa do Jake,só pode- Brinquei e mamãe concordou-E ele? já esta lá fora?-Perguntei.

-E algum dia ele não esteve?-Ela quis saber e eu acenei com a cabeça dizendo que “não”-Certo então agora anda meu anjo,vai pegar sua mochila,eu não quero que você se atrase- Mamãe mandou e eu rapidamente arrumei a minha escoava de dentes no lugar e sai correndo do banheiro”o único que tínhamos aqui em casa”

Entrei no meu quarto que era o mais enfeitado da casa”coisa da dona Rebecca”que disse que queria um quartinho de princesa para a única filha dela e peguei a minha mochila que já estava preparada em cima da cama.

-Mamãe eu já estou indo - Anunciei saindo do meu quarto e indo até a cozinha para lhe dar um tchau.

-Tenho um ótimo dia meu amor e se comporte-Eu revirei os olhos.

-Eu sempre me comporto mamãe- Respondi suspirando.

-Você sabe muito bem o que eu quis dizer-Ela ressaltou”Certo,eu já pesquei qual é”mamãe em outras palavras não quer me ver montada no Jake.

-Dessa vez eu vou a pé... Sem perigos-Prometi e ela assentiu me dando um abraço apertando.

-Eu confio em você filha- Eu sorri para ela e sai pela porta.

-Jakee....Jakee cadê você amigão- Chamei por alguns instantes e nada dele aparecer.

-Ué a mamãe disse que ele estava aqui-Me perguntei confusa e quando eu ia me virar para ver se avistava ele do outro lado,Jake do nada apareceu em minha frente e pulou em cima de mim,me derrubando no chão.

-Jake...ah eca para com isso....que nojo-Eu pedi tentando me desvencilhar das lambidas que Jake dava em meu rosto- Jakee se você não parar eu vou chamar a mamãe –Ameacei gargalhando e ele soltou um uivo baixo que mais se parecia com um sorrisinho de vitoria.

-Eu ainda vou te pegar... Escreve só o que eu estou dizendo- Afirmei me levantando com dificuldades do chão e limpando o meu rosto que continha baba do Jake grudada por todo lugar.

-Agora vamos sem graça-Eu fingi irritação e ele abaixou a cabeça- To brincando amigão- Completei- Vamos apostar corrida?Só que dessa vez sem me derrubar no chão tah?Mamãe vai ficar uma fera se souber que eu cheguei na escola toda suja - Informei e ele abanou o rabo me mostrando que estava de acordo e eu assenti sorrindo e comecei a correr com Jake logo atrás de mim.

Jake e eu chegamos rapidamente na divisa entre as duas pistas completamente ofegantes,que dizer só eu estava nesse estado,por que o Jake na certa já estava pronto para outra.

-Eu acho que hoje eu já perdi todas as calorias que comi no café da manhã- Constatei com as mãos nos joelhos esperando a minha respiração se normalizar.

-Tchau Jake e toma muito cuidado no caminho viu?- Pedi dando um beijinho rápido em seu focinho e afogando os seus pelos num carinho longo.

Terminei de me despedi do Jake rapidinho e aproveitei para atravessar as duas ruas com muito cuidado, morrer agora esmagada no asfalto com certeza não estava nos meus planos.

Cheguei do outro lado das pistas sã e salva e soprei um beijo rápido para o meu lobinho que permaneceu escondido por entre as relvas altas e esverdeadas da floresta e depois comecei a caminhar rumo ao meu colégio.

Cheguei na frente do meu colégio depois de quinze minutos andando sem parar e dei de cara com Jane,a minha melhor amiga,ela também tinha 16,era alta,magra,loira e parecia alguns anos mais velha que eu justamente por isso,aqui na escola ela tinha um irmão mais velho chamado Alec,que também era loiro,muito alto e encorpado,os dois eram filhos de um medico chamado Carlisle ,o cara mais rico da cidade e da senhorita Esme,eles atualmente estavam divorciados mais ainda viviam na mesma casa#vai entender.

-Jane,oi amiga tudo bem?-A cumprimentei.

-Tudo e com você?-Ela também me perguntou- Como foi o seu final de semana?-Quis saber.

-Perfeito- Respondi me lembrando rapidamente da cachoeira.

-E o meu uma droga-Ela suspirou por alguns segundos e depois sorriu-Acho que morar na floresta tem lá ás suas vantagens.

-E qual seria?-Arqueia as sobrancelhas divertida, Jane odiava mata,bichos e qualquer coisa que fosse gosmenta,como ela mesma dizia e um elogio desses vindo dela era até bem inusitado,vamos dizer assim.

-Sei lá,você deve ter um montão de coisas para fazer...explorar a mata,fazer trilhas,acampar no quintal....deve ser divertido-Eu assenti.

-Mais você tem televisão, computador, uma piscina enorme... E esse tipos de coisa não te distrai?

-Por algum tempo,depois enjoa e eu fico com um tédio danado.

-Você é bem esquisita- Afirmei.

-Você que é – Ela rebateu e nos duas fomos para a nossa sala sorrindo.

A nossa primeira aula do dia foi biologia,a segunda matemática,terceira artes e depois eu e Jane nos encaminhamos para o refeitório novamente.

-Posso te fazer um convite?-Ela perguntou quando eu me preparava para morder uma maça.

-Faça-Respondi despreocupada.

-Aceita ir hoje na minha casa tomar um banho de piscina?

-Não vai dar Jane- Neguei rapidamente com a cabeça,mamãe não gostava que eu saísse muito,ela dizia que o mundo estava muito perigoso e só queria que eu ficasse protegida.

-O QUE?-Jane praticamente gritou chamando a atenção de todos que estavam no refeitório lanchando e eu abaixei a minha cabeça envergonhada.

-Fala mais baixo- Pedi sem jeito e ela assentiu.

-Nessie hoje pela primeira vez em semanas o sol resolveu sair,vamos lá, é só um banho de piscina na minha casa,que mal há nisso?Se você quiser eu até peço para sua mãe-Ela começou a falar ao mesmo tempo me deixando confusa.

-Eu vou tentar-Me rendi- Mais se a minha mãe não permitir... Eu não vou ok?-Jane revirou os olhos.

-Você deveria ser mais rebelde sabia?Tu és muito certinha... –Jane escorreu na cadeira e suspirou revoltada –Ou vai me dizer que nunca desobedeceu a sua mãe? Que nunca quebrou as regras?-Debochou.

-Eu não tenho que lhe dizer nada-Falei sem graça e comecei a comer,dessa vez um sanduiche.

-Isso foi um sim?-Ela insistiu.

-Uma talvez, quem sabe-Tentei fugir do assunto.

-Não isso definitivamente foi um sim- Afirmou balançando a cabeça.

-Se isso é crime, por favor me preda, por que eu cometi esse delito- Zombei.

-Você não existe nessie...eu acho que em toda a minha vida eu nunca conheci uma garota tão santinha como você- Ela comentou- Você já tem 16 anos e ainda é BV,nunca sequer fretou com algum garoto,nunca tirou menos que 90 numa prova de física quântica...agora eu lhe pergunto que raios é física quântica?....Eu não sei,mais você sabe,por que deve ter ficado a noite inteira estudando.

-Enquanto você mexia no orkut- Completei seu raciocino.

-Exatamente, é disso que eu to falando, você foge dos padrões, posso apostar que nem a minha mãe quando tinha a sua idade fazia a mesma coisa.

- Talvez eu tenha nascido na época errada.

-Se você deixar eu te atualizo rapidinho- Ela me encarou com olhos brilhando.

-Sem chance...-Tentei responder.

-Mais por que nessie- Jane bateu os pés no chão como uma criança birrenta- Olha só,pensa bem,você já é linda por natureza,imagina só com uma repaginada no capricho?Ia fica uma deusa,sem duvida.

-Jane quer parar-Implorei envergonhada e ela fez biquinho.

-Você é uma garota ma- Ela finalmente se rendeu e eu sorri aliviada pela sua atitude- Mais o lance da piscina ainda esta de pé e eu não aceito não como resposta- Constatou - Implora,se ajoelha,planta uma bananeira mais convence pelo amor de deus a sua mãe a te deixar ir.

-Eu vou fazer o possível- Prometi antes de voltamos para a sala

(...)

-Jura que você deixa eu ir?-Perguntei novamente.

-Juro filha-Mamãe repetiu sorrindo e eu comecei a pular e gritar de felicidade.

-AI MEU DEUS,AI MEU DEUS....VOCÊ É A MELHOR MÃE DO MUNDO,OBRIGADA,OBRIGADA-Agradeci batendo palminhas sem parar#mania da Jane,eu já falei que isso pega?

-Mais eu quero que você tome muito cuidado... esse mundo de hoje esta muito perigoso-Mamãe me pediu.

-Pode deixar mãe-Eu pulei no seu colo-Eu vou tomar todo o cuidado do mundo-E a enchi de beijinhos.

-Sei- Ela começou a rir e me fazer cóceguinhas- Agora vai lá se arrumar então e nada de chegar tarde em casa ok?Eu quero você aqui as 6:00 em ponto-Encarei mamãe com um beicinho-Ok,ok as 7:00 então,satisfeita?

-Satisfeitíssima- Respondi lhe dando mais um beijo no rosto e indo para o meu quarto me trocar.

Coloquei uma blusinha fininha amarela que estava um pouco curta por que eu a ganhei quando tinha apenas 13 anos, e de lá até aqui eu acho que cresci um pouquinho”ei pêra ai”eu já tenho seios?Um pouquinho mais tenho, minha cintura esta meio fina também, o meu bumbum mais largo,e as minhas coxas mais grossas,deve ser a puberdade”pensei comigo mesma fitando o meu guarda roupa inteirinho,vagando com os meus olhos a procura de algo que pudesse entrar em mim.

Remexi,revirei,baguncei, mais depois arrumei tudinho de volta e no fim resolvi ficar com a minha saía cor de rosa que ficava um pouco acima dos meus joelhos e era toda desfiadinha nas pontas,um cintinho junto para segurar e um bolerinho rosa da mesma cor,por que os dois faziam parte do mesmo conjuntinho,alias o meu guarda roupa inteiro praticamente era assim.


Roupa-http://br4.in/VLKr5

Fazer o que?A Jane até me disse que isso saiu de moda a muito tempo e que agora,a ordem é descombinar geral,só que eu simplesmente não me sinto bem andando por ai multicolor.

Enfim depois de pronta eu finalmente me despedi da mamãe e Jake me levou até a divisa e depois Carlisle o pai da Jane junto com ela vieram me buscar.

Jane e eu nos sentamos ambas no banco de trás do carro e ficamos brincando sem parar e falando coisas bobas até o Carlisle nos interromper e me perguntar sobre a minha mãe.

“Aff até parece que ela vai dar bola pra ele algum dia”- Pensei quando respondia uma das suas perguntinhas entrosas sem querer ser indelicada.

“É claro que eu achava que mamãe merecia ter alguém e se isso acontecesse algum dia,eu juro que não iria intervir,ela é uma mulher linda,educada,prendada,por que não?”

”Mais com o doutor Carlisles é estranho#poxa ele ainda vive na mesma casa que a ex mulher e é pai da minha melhor amiga”

“Não,isso não ia rolar...minha mãe nem gosta dele,na verdade ela nunca reparou nele#eu acho”.

-NESSIE- Acordei do meu transe com Jane gritando ao meu lado.

-O que foi?-Quis saber confusa e ela revirou os olhos entediados e abriu a porta do carro.

-Já chegamos...vem,vamos logo-Ela me puxou pelo braço e eu sai do carro e me deparei com um casa enorme em todos os sentidos,branca e com milhares de detalhes do jardim á porta que me deixou de boca aberta.

-Fecha a boca senão entra mosca- Jane debochou abrindo uma enorme porta de madeira toda detalhadinha, como eu mesma disse e me puxando para a sala de star.

Que era simplesmente gigantescas, moveis, almofadas de linho,tv de plasma,tudo,tudo parecia simplesmente minúsculo naquele espaço tão avantajado.

-Sua casa é muito linda amiga- Elogiei sincera e Jane riu e novamente me puxou pela mão,só que dessa vez para os fundos da casa,a onde tinha uma piscina que também não era nada pequena.

-Vamos dar um mergulho?-Ela me perguntou tirando seu vestido azul clarinho e pulando rapidamente na água com um biquíni branco.

-Mais já?- Perguntei assustada e ela emergiu.

-Não amanha quem sabe?-Zombou-Anda nessie...pula logo na água,vem - Jane me chamou esguichando água para o alto na tentativa de me atingir e eu de uma maneira hesitante e meio desconfortável tirei as minhas roupas e fiquei apenas de biquíni preto,o único que eu tinha em casa,nessa mesma hora eu escutei um assobio,mais não me importei e decidi pular rapidamente na água já que eu estava morrendo de vergonha mesmo.

-Sabe nadar?-Ela me perguntou se aproximando de mim.

-Mais é claro que sei-Afirmei convicta.

-Vamos ver então se consegue me ganhar?

-Qual é aposta?

-Ir nadando de uma ponta a outra duas vezes.

-E se você perder?

-Vou ter que pular dali de cima- Jane apontou para uma rampa enorme instalada num ponto da piscina que eu mal havia reparado.

-Minha nossa- Exclamei surpresa- Aquilo tem quantos metros do chão.

-Não faço a mínima idéia, meu irmão foi quem instalou ela para brincar com aquele amigos estúpidos dele...não posso mentir,eles são feras nos saltos.

-Eu não sei não Jane- Falei com medo.

-Vai amarelar agora Renesmee?-Zombou me deixando nervosa.

-Não,claro que não- Rebati por fim e Jane deu um sorrisinho.

-Preparada?-Ela me perguntou e eu assenti- JÁ- Gritou e nos duas rapidamente começamos a nadar,primeiro em sincronia uma ao lado da outra,depois ela saiu na frente,mais quando estávamos na ultima volta eu consegui passa - lá e venci a competição feliz da vida.

-Mais que droga- Jane bradou batendo na água.

-Nunca me subestime Janinha -Comentei divertida e ela revirou os olhos e bufou.

-Ta,agora eu vou lá pular daquele troço logo- Jane saiu da água.

-Não precisa-Pedi rapidamente,eu já estava feliz por te ganhando e não queria que ela se machucasse naquilo,então resolvi impedir.

-Não,trato é trato...eu disse que ia pular se eu perdesse e vou- Ela falou decidida e eu também sai da água.

-Jane para... Aquilo deve ser muito perigoso-Eu peguei em sue braço e tentei de tela.

-Nessie relaxa,vai ser rapidinho- Ela se esquivou de mim gargalhando e começou a correr.

-Jane- Gritei desesperada antes que ela subisse na rampa e se jogasse de lá- PARA NÃO FAÇA ISSO POR FAVOR- Jane se quer me ouviu e num salto ela pulou direto na água e o meu coração quase saiu pela boca nessa hora.

-JANE- Chamei e nada.

“Por que ela não havia emergindo ainda meu deus?não demora tanto assim- Comecei a me perguntar desesperada e sem pensar duas vezes pulei na água e consegui avista - lá desmaiada no fundo da piscina completamente imóvel.

“Ai meu deus,ai meu deus”Comecei a tremer desesperada e fui até ela o mais rápido possível.

Segurei Jane pelo braço e consegui traze - lá de volta até a superfície e comecei a gritar por ajuda.

-SOCORRO... ALGUÉM ME AJUDA,SOCORRO... DOUTOR CARLISLE... SOCORRO- Uma empregada apareceu na porta depois de alguns segundos e venho me ajudar.

-Ai meu deus o que aconteceu?-Ela perguntou com as mãos na boca.

-Por favor, chame o doutor Carlisle rapido, A JANE PULOU DA RAMPA E DEPOIS DESMAIOU DENTRO DA PISCINA-Eu comecei a explicar chorando sem parar e ela saiu correndo enquanto eu segurava Jane com toda a força que eu tinha para não deixa - lá afundar por nada até Carlisle e Alec aparecerem para me ajudar.

-JANE- Ambos gritaram e vieram me socorrer.

Alec pulando na água com roupa e tudo e levantando Jane com muita facilidade e a colocando deitada no piso gelado enquanto Carlisle fazia respiração boba,boca e os primeiros socorros.

-Vem nessie- Ele me estendeu a mão e depois me levantou pela cintura me tirando da piscina também e saindo logo em seguida.

-Ela vai ficar bem?-Perguntei gaguejando devido ao meu choro compulsivo e aterrorizado pelo o acontecido.

-Vai sim- Carlisle respondeu pegando a filha no colo-Ela já cuspiu toda água que tinha engolido e eu imagino que isso aconteceu por que você a salvou rapidamente-Eu assenti concordando e fitei Jane depois com os olhos entre abertos e suspirei aliviada.

-Quer ajuda com ela pai?-Alec ofereceu.

-Não precisa-Ele respondeu rapidamente- Só quero que leve Renesmee de volta pra casa,apenas isso.

-Eu não quero ir-Falei rapidamente, eu não podia deixar Jane,precisava saber como ela ia ficar,estava preocupada demais para ir embora agora.

-Ela vai ficar bem,mais se você quiser pode posar aqui-Carlisle ofereceu e eu neguei.

-Não,eu não tenho como avisar a mamãe e ela vai ficar preocupada-Declarei derrotada.

-Então eu te levo para casa, sem problemas- Alec declarou e eu assenti pegando as minhas roupas.

-Vem menina que eu vou pegar uma toalha para você se secar- A empregada me chamou e eu fui com ela na mesma hora que Carlisle levava Jane para o quarto.

Sequei-me rapidamente e pus minhas roupas de volta e corri para saber noticias de Jane.

“Ela esta bem,só precisa descansar um pouco,não se preocupe”Foi a única resposta que eu recebi de Carlisle.

Alec então me levou pra casa.

-Tem certeza que quer que eu lhe deixe aqui-Ele perguntou temeroso quando parava o carro no acostamento e fitava a floresta escura.

-Tenho sim,a parti de agora só da pra ir a pé- Constatei e ele tirou o sinto.

-Então eu vou junto- Declarou.

-Não,não precisa...minha mãe vai vir me buscar-Menti.

-É?E cadê ela?-Ele quis saber.

-Esta mais pra lá,daqui não da pra ver mesmo...obrigada Alec- Agradeci sincera e fitei a floresta a minha frente encontrando o que eu procurada.

Jake a minha espera.

-Calma-Ele pediu.

-Não eu tenho que ir-Tentei abrir a porta- Alec você pode abrir a porta, por favor?-Pedi educadamente.

-Calma,não vai agora –Ela exclamou novamente e eu me virei para fita-lo - Eu quero falar com você primeiro.

-Então fale-Falei impaciente.

-Sabe o que é Renesmee- Alec começou-Eu na verdade nem sei como começar,é meio difícil pra mim esses tipos de coisas,complicado-Eu arqueei as sobrancelhas confusa.

-Alec eu não estou entendendo o que você quer dizer-Assumi meia sem jeito e ele sorriu.

-Pois é,então eu vou ter que te mostrar-Ele declarou se aproximando cada vez mais de mim e eu de uma maneira estúpida fiquei parada completamente sem ação e só aí eu fui me dar conta do que ele ia fazer,#Tarde demais.

Por que Alec nessa hora já comprimia seus lábios quentes e macios sobre os meus e segurava os meu rosto de uma maneira firme para que eu não fugisse e nem saísse dali.

Tentei me soltar,mais foi em vão,então deixei rolar.

“Já que aquele mesmo sem o meu consentimento já era o meu primeiro beijo, eu queria que fosse especial” Deixei Alec tomar conta da situação e comecei a seguir tudo o que ele fazia como se estivesse tendo uma aula#bem pratica na verdade.

E eu estava tão concentrada naquele momento que somente algo,ou melhor um som foi capaz de me fazer acordar para vida e me desesperar completamente.

Era Jake,Jake uivando dentro daquela floresta escura que cortou aquele beijo.

Continua...
*___________________________________________________________*
Anexos dos personagens que apareceram no capitulo:
Jane-http://br4.in/lD81i
Alec-http://br4.in/FGUq7


                                                             By:natineces.

0 comentários:

Postar um comentário

Comente,critique,elogie e de as suas sugestões,mais sem ofensas ok?Que eu sou muito sensível rsrsrs.

Seguidores

Instagram

Neces In Love Story Copyright © 2013 - Todos os Direitos Reservados