Natiele Lopes. Tecnologia do Blogger.

Capítulo 13

  (Fic Tá Vendo Aquela Lua)

Penúltimo capitulo.


-Ei- Disse corando com o comentário da Claire e depois fitei a mamãe que ria da situação- Mãe e você...acha que o pai vai se importar se eu passar essa noite fora?- Perguntei sem jeito.

-É claro que não meu amor...ele vai é gostar de saber que você e o Jacob fizeram as pazes-Ela me tranqüilizou.

-Que bom- Sorri com isso e corri para os seus braços - Tchau mamãe e me deseje sorte- Me despedi.

-Toda meu anjo... Que você e o Jake sejam muito felizes e que o meu netinho possa crescer num lar completo e de muito amor-Ela desejou me dando um beijo na testa-E a propósito minha filha, você esta linda.

-Obrigado mamãe- Agradeci.

-Renesmee vamos logo AN.....-Claire já ia começar a gritar comigo novamente’’mais que mania’’.

-Vamos sim sua histérica... Isso faz mal ao bebe sabia?Você tem que parar de gritar-Resmunguei enquanto saímos de casa.

-TIA BELLA ISSO É VERDADE- Tampei os meus ouvidos.

-É SIM-Mamãe gritou de volta e a Claire fechou a boca com as mãos e entrou no carro.

-Ok então Renesminha agora eu só vou falar baixinho-Ela cochichou e eu revirei os olhos.

-Não precisa exagerar também né- Ri da situação e Claire começou a dirigir rumo a La Push,ou seria ‘’a minha felicidade?’’

-Chegamos priminha-Ela declarou parando o carro em frente à casa do Jacob e me encarando.

-Será que ele esta em casa mesmo?- Falei quando percebi que a casa estava toda fechada’’talvez ele esteja trabalhando ainda’’pensei comigo mesma.

-Ai nessie você nunca vai saber se não for até lá-Ela bufou-ANDA LOGO - Gritou novamente.

-Olha o bebe Claire,Olha o bebe-Avisei saindo do carro e indo até a porta que estava trancada.

Diante disso não houve alternativa, respirei uma, duas e até três vezes e bati na porta.

-Ele não esta em casa mais que droga - Resmunguei decepcionada.

-Ele não esta ai?-Claire perguntou atrás de mim e eu levei um susto.

-Você esta louca?Quer me matar?-Coloquei a mão no peito.

-Ai que drama-Ela revirou os olhos e eu bufei.

-Claire eu acho que ele não ta aqui não- Disse chateada e ela me encarou com uma expressão pensativa.

-Ele esta ai sim nessie- Afirmou -Eu me lembro que o Jacob disse para o Quil que não ia trabalhar hoje- Completou.

-Eu acho então que ele mudou de idéia- Supôs me preparando para ir embora mais a Claire me segurou.

-Pêra ai,deve haver um jeito de você entrar... O Jake pode estar dormindo e eu sei que o sono dele é pesado- Ela comentou.

-Será que é isso mesmo?-Perguntei meio em duvida e ela assentiu.

-A Janela....você pode pular a janela.

-Você esta louca e o meu braço quebrado como é que fica?-A lembrei.

-É você tem razão... Ai anda Renesmee,pensa-Me pediu impaciente.

-Já sei-Declarei empolgada e fui até o tapetinho que tinha diante da porta e o levantei-O Jake sempre deixa uma chave reserva embaixo do tapete pra a Rachel poder entrar quando ele não estiver em casa.

-Genial-Claire deu alguns pulinhos e quando eu tirei as chaves debaixo do tapete ela pegou da minha mão e abriu a porta’’educada’’.

-Olha não tem ninguém aqui-Ela cochichou entrando na sala.

-Ele deve estar no quarto- Respondi no mesmo tom e ela se virou pra mim com um sorriso presunçoso no rosto.

-Então agora é contigo amiga... Vai lá e faça o que tem que fazer e depois vamos cuidar do seu casamento....por que eu sei que você como uma ótima amiga,uma querida priminha,uma linda mamãe e uma boa esposa vai deixar eu cuidar dele né?-Claire fez biquinho e me fitou com olhinhos brilhando em expectativa.

-É claro que eu vou Claire - Confirmei e quando ela estava preste a gritar eu tampei a sua boca com a minha mão - Olha o bebe-A reaprendi.

-Ta certo agora vai lá e arrasa amiga- Eu assenti sorrindo e ela me deu um tchauzinho com a mão e foi embora me deixando sozinha ali no meio da sala da casa do Jacob que estava sendo iluminada apenas pela janela da cozinha.

-Vamos lá ness agora é com você - Respirei fundo e comecei a andar até o quarto dele e só parei quando eu me deparei com aquela cena de tirar o fôlego e a sanidade de qualquer mulher.

-Minha nossa- Sussurrei baixinho com os olhos cravados naquele deus grego ali deitado na cama apenas de boxe preta dormindo tranqüilo com todo aquele corpo esculpido milimetricamente se mexendo conforme a sua respiração que ia e vinha contraindo os seus músculos tonificados e os seus gominhos.

‘’Ai que homem meu deus.....e ele é todinho meu.......obrigado senhor’’Agradeci mentalmente e comecei a me aproximar da cama bem lentamente olhando para o meu amor com um desejo louco e uma vontade incontrolável de o agarrar ali mesmo sem dar chance dele sequer ver ou notar a minha presença aqui.

Parei de andar quando cheguei bem pertinho da cama e me abaixei ficando com o rosto a milímetros de distancia da sua boca que clamava silenciosamente para ser beijada.

Fiquei naquela posição por um bom tempo sentindo o cheiro do meu homem e me segurando para não passar a mão pelo seu corpo gostoso.

‘’Calma Renesmee, o mundo não vai acabar agora, você precisa dele mais do que tudo... Mais tenha calma’’pensei tirando o meu sapatos lentamente e os depositando no chão sem desviar os meus olhos a nenhum momento do meu Jake que parecia estar preso no mundo dos sonhos e eu só percebi isso quando ouvi ele dizer o meu nome e sorrir ainda dormindo.

-Ta sonhando comigo é meu lindo- Sussurrei baixinho no seu ouvido quando eu me debruçava em cima do seu corpo usando apenas a minha mão boa por que a outra estava presa numa tipóia’’Droga ainda tinha isso pra me atrapalhar’’mais quem disse que eu me privar do que é bom?’’

-Ness eu te amo.... Acredita em mim- Ele falou de olhos fechado ainda preso no mundo dos sonhos, eu ri com isso e resolvi brincar mais um pouquinho.

-Jakeeee....eu também te amo meu amor- Respondi aos seus sonhos e ele abriu um sorriso lindo me deixando confusa’’Será que ele estava acordado?Ou ainda dormia?’’

-Eu sei que você me ama-Ele disse abrindo os olhos rapidamente me fazendo soltar um gritinho devido ao susto’’Jacob então se sentou na cama e me encaixou no seu colo’’.

-Você quer me matar é?-Acusei com as mãos no peito e ele riu me fitando nos olhos.

-Nunca... Se depender de mim,você só morre de uma coisa nessa vida... De amor-Ele respondeu segurando o meu rosto com as duas mãos e acariciando os meus cabelos.

-Por um momento eu pensei que você estava dormindo-Confessei envergonhada e ele sorriu novamente.

-Mais eu estava ness até senti o seu cheiro e perceber que estava aqui....Eu sinto a sua presença de longe,é como um imã que me puxa na sua direção toda vez que você esta por perto- Declarou me fazendo sorrir de felicidade’’Esse homem existe mesmo?’’

-Isso foi muito lindo-Constatei fascinada.

-Não mais que você- Ele rebateu me olhando de cima a baixo.

-Jake eu acho que tenho algumas coisas pra te dizer-Fui direta.

-Não precisa-Ele falou.

-Precisa sim... É claro que precisa- Constatei.

-Não é não...você não precisa me dizer nada ness...na verdade o único que tem que dar uma explicação aqui sou eu e não você- Ele disse serio.

-Mais...-Tentei constentar mais ele me calou com um beijo.

-Mais nada,me deixa falar vai?-Nos separamos ofegantes e eu assenti- Primeiro eu queria dizer que fui um idiota quando lhe escondi do meu pai,eu queria te proteger,o velho e eu nunca nos demos bem...ele sempre quis mandar na minha vida mais nunca me deu o que eu realmente precisava...ele nunca me deu amor,isso eu só tive graças a minha irmã que deixou de viver a vida dela pra cuidar de mim quando a nossa mãe morreu...no fundo eu acredito ness que o meu pai me culpa pela morte dela afinal de contas se eu não tivesse nascido a minha mãe nunca teria morrido naquele parto-Ele se culpou deixando algumas lagrimas caírem pelo seu rosto e eu as colhi com as pontas dos meus dedos.

-Não diga isso amor, você não tem culpa, essas coisas acontecem o tempo todo- Pedi a ele que abaixou o rosto.

-Talvez você tenha razão-Ele confirmou com o rosto e voltou a me olhar-Mais eu tive culpa sim por destruir a vida da Morgan...eu não sei o que deu em mim naquele dia,eu estava devastado tentado pensar numa maneira de terminar com ela sem a magoar e no fim acabei caindo nas garras da Leah que me seduziu...quando eu vi a Morgan olhava a cena e chorava descontroladamente me fazendo sentir um lixo,um canalha sem vergonha...eu juro ness que eu não sou assim...Aquilo foi um erro terrível,que eu nunca mais vou mais cometer,eu lhe prometo isso...você é a única mulher que amo nessa vida....e...

-Eu sei,eu sei que você mudou Jake....eu fui uma tremenda idiota quando disse aquelas coisas e nem te dei um tempo pra se defender...me perdoa?-Pedi.

-Só se você me perdoar primeiro?-Ele perguntou.

-É lógico que te perdôo- Constatei.

-E sobre a Leah,ness...-Ele ia começar a falar mais dessa vez eu o interrompi com um beijo.

-Sobre ela você não precisa me dizer mais nada- Jake me olhou confuso -Por que a Claire já me esclareceu tudo- Completei.

-Então eu acho que estou devendo uma agora pra ela- Ele disse enquanto distribuía beijos pelo o meu pescoço me fazendo gemer em resposta.

-Não precisa amor...ela já vai cuidar do nosso casamento...e isso é um presente e tanto para Claire- Comentei e Jacob parou na hora o que estava fazendo e me encarou.

-Quer dizer então que você aceita se casar comigo?-Ele perguntou novamente meio desacreditado.

-É lógico que eu aceito... Na verdade isso é o que eu mais quero na vida, eu e o nosso bebe-Assenti acariciando a minha barriga e o Jacob fez o mesmo.

-Será que vamos machucar ele?- Ele me perguntou temeroso e eu gargalhei.

-É lógico que não meu amor- Respondi convicta- Isso vai ser até bom pra ele,ou ela- Declarei me deitando na cama de barriga pra cima.

-E você?-Ele encarou o meu braço.

-Jakee- Gemi- Vamos fazer com calma... Agora vem que eu estou morrendo de saudades de você- O chamei mordendo os lábios de uma maneira provocante e ele se deitou em cima de mim meio de lado para não pegar o meu braço que estava na tipóia e começou a subir com as suas mãos pela a minha perna levando junto o meu vestido que depois ele me ajudou a tirar junto com o casaquinho me deixando apenas com as minhas peças íntimas.

-Será que eu mereço tudo isso - Ele gemeu rouco me encarando com os olhos cheios de cobiça e desejo e tomou a minha boca num beijo lascivo.

-Jakeeee- Gemi arranhando as suas costas quando ele apertou uns dos meios seios ainda por cima do tecido fino.

-Você é só minha... Todinha - Ele disse de uma forma possessiva enquanto tirava com ânsia a minha calçinha e o meu sutiã.

-Só sua- Confirmei acariciando o seu corpo até chegar à seu boxe preta que com uma mão eu tentei tirar - lá’’sem sucesso é claro’’Jacob então me ajudou-Droga de braço quebrado-Resmunguei baixinho ainda perdida nas caricias ousadas de Jake e ele riu.

-Assim eu fico no comando-Ele se gabou me fazendo arrepiar inteirinha com sua voz rouca contra a minha pele.

-Você é muito pretensioso-Acusei de olhos fechados gemendo baixinho.

-E você é muito gostosa-Ele tomou os meus lábios.

-Quer parar de me torturar-Implorei.

-Só mais um pouquinho amor-Ele ia dizer.

-JACOB EU QUERO VOCÊ AGORA- Falei nervosa e ele gargalhou.

-Seu pedido é uma ordem-Ele falou mancinho se encaixando entre minhas pernas e me possuindo numa entocada só.

-JAKEEEE- Gemi alto esquecendo-me naquela hora até mesmo do meu próprio nome’’na verdade que eu sou mesmo?Alguém ai se lembra?”

-Ness...-Ele começou a gemer descontrolado aumentando as estocadas cada vez mais até nos dois atingimos o orgasmos juntos e cairmos na cama ainda unidos um ao outro.

-Eu te amo muito- Sussurrei quase sem força e ele me abraçou.

-Eu amo mais-Ele rebateu rindo e me puxando para o seu peito aonde adormecemos juntinhos ali preso no nosso mundinho feliz.
________________________________________________________

...Oito meses e meio depois...

Hoje enfim chegou o grande dia do meu casamento.

Após várias tentativas em vão de tentar adiantar a minha cerimônia antes que eu atingisse os meus oito meses de gestação e acontecesse um imprevisto, não teve como evitar.

Tudo parecia caminhar contra a minha vontade, pra começar com a Claire que me fez prometer no dia que ela entrou em trabalho de parto que eu iria esperar ela sair do hospital para só então me casar.

E eu como uma boa amiga tive que acatar e esperar ela voltar pra casa carregando o filho, um lindo menino que se chamava Gustavo nos braços.

Depois quando eu achei que finalmente ia subir no altar e dizer sim para o meu amor,ele me vem com um papinho estranho dizendo que tinha alguns negócios para acertar antes do nosso casamento e novamente tivemos que adiar a cerimônia.

Enfim eu já estava quase arrancando os meus cabelos de nervoso por ter de trocar a cada mês o meu vestido de noiva justinho para algum mais largo que não deixasse nem eu e nem a minha bebe, que seria uma menina conforme eu vi na ultra sufocada.

-Você está pronta filha?- Falei acariciando a minha imensa barriga por cima do vestido de seda branco soltinho que a tia Alice mandou fazer especialmente pra mim’’e ficou lindo’’.

Vestido de noiva-http://1.bp.blogspot.com/-i9_1kpZUVpI/Tix1y1I72qI/AAAAAAAADik/U7OtYOoOGxg/s640/vestido-de-noiva-gravida6-267x300.jpg

-Vamos filha esta na hora-Papai me chamou estendendo a sua mão pra mim sair do carro.

O meu casamento a pedido meu e do Jake seria na praia de La Push, a onde havia acontecido o nosso primeiro beijo.

-Estou papai-O encarei sorrindo,depois daquele fato todo que aconteceu no hospital meu pai finalmente havia me perdoado e agora vivia contando os dias e as noites para chegada da neta,assim como o Billy que não teve como não amolecer com tal noticia.

Mesmo assim o meu sogro ainda continuava marrento e sem coragem alguma de chegar para o filho e pedir desculpas,ao invés disso ele pediu a minha ajuda e eu acabei aceitando.

Por que havia aprendido muito nesses meses todos e sei o quanto a união da família é importante.

Saio do carro com a ajuda do papai e avisto o meu amor com um sorriso lindo no altar me esperando.

-Hoje é o dia mais feliz da minha vida- Declarei sem perder o foco do meu Jake que parecia querer chorar de emoção’’e eu também não estava nada,nada diferente’’.

Continua...
                                                       By:natineces

0 comentários:

Postar um comentário

Comente,critique,elogie e de as suas sugestões,mais sem ofensas ok?Que eu sou muito sensível rsrsrs.

Seguidores

Instagram

Neces In Love Story Copyright © 2013 - Todos os Direitos Reservados