Natiele Lopes. Tecnologia do Blogger.

capítulo 18-Saudade

5 Anos Depois...






“Sinto muito meu amor! Sinto muito por não poder cumprir o que te prometi.Sinto muito por não poder esta ao seu lado e ver o nosso filho crescer,e e lhes dar outros.Pois saiba que se poderia eu já estaria em seu alcance,mas a única coisa que não quero que se esqueça é o quanto eu amo você e ao nosso filho.Te amo Jacob Black,Te amo meu lobo.”




_Nessie...Nessie...NESSIE...! – era sempre assim.Mais uma vez eu acordava depois de escutar sua voz sussurrando aquelas palavras de despedida.


Era sempre assim,desde aquele maldito dia quando ela se foi.






(Flash Back On)




Estavamos todos correndo perante as instruções que Nessie nos deu.Ninguém do bando estava feliz em fugir sem ao menos tentar no defender ou fazer aquela criatura medonhas pagar por fazer aquilo conosco,Na verdade pegar o meu filho sem troco de que.


Realmente tínhamos que dar o braço a torcer,se houvesse luta possivelmente ninguém sobreviveria,pois pelo que pude ver havia mais de trinta daquelas aberrações.




Tudo o que tinha a certeza naquela hora era que logo estaríamos todos em casa,e poderíamos respirar tranquilamente e eu poder beija a minha mulher e ter o meu filho a salvo em meus braços.Mas uma coisa era fato,pois não poderíamos mais continuar vivendo naquela casa depois do que aconteceu essa noite.




Ninguém poderia imaginar que poderia ser aquele tipo de monstro que deixou seu rastro a pouco aos a redores de nosso domínios.


Já havia um bom tempo que muitos de nós não se preocupavam com qualquer tipo de inimigos.Embora continuávamos sempre dividindo de forma sensata as rondas,mas essa noite tivemos que convocar a todos para decidir novas estratégias e divisões para ver o que estava acontecendo e de quem pertencia aquele cheiro estranho que alguns encontraram.




E quando estava tudo certo ,e cada um foi fazer o que era pra ser feito,senti o cheiro dos Cullen e e fora misturados com o forte cheiro estranho,mas o que me chamou foi mais a atenção foi o cheiro de Nessie e do Bem.


Mas o que estava acontecendo? Não esperei a resposta pois segui ...


E tudo foi tão rápido e torturante,que ao mesmo tempo parecia não está acontecendo. O meu filho no meio daquela capina,totalmente a mercê daqueles predadores,e Nessie totalmente desesperada e em pânico.


Eu tive vontade de acabar com quem estava fazendo aquilo ,mas fui impedido pela própria Nessie.


Depois de tanta discurção .Fizemos o que foi planejado. Edward pegou o meu filho e ele correu em minha direção e seguimos junto com os outros em meio a floresta a dentro.


No momento em que sabia que estávamos bem distantes,senti a necessidade de olhar para trás para ver se ela estava nos seguindo.Mas antes de olhar para trás,escutei a sua voz como se ela estivesse do meu lado sussurrando em meu ouvido. Era maravilhosa a conexão que havia em nós,mas nesta hora essa conexão foi a pior das minha torturas. Pois as palavras de minha Nessie era de despedida.




E tudo o que senti no fim daquelas palavras,foi o meu coração para de bater,como se ele morresse com ela.Não não podia ser!Ela não estava morta.Ela não morreu.


A dor a agonia bateu em meu peito.E só o que consegui fazer foi gritar mentalmente o seu nome?Mas a minha boca lupina saiu foi uivos de dor.




Nessa hora todos pararam para ver o que havia acontecido. Mas as minhas patas foram de volta para o mesmo caminho de volta a campina .os meus amigos gritavam para eu voltar,mas não fiz.




E quando cheguei aquela campina a cena que vi não era a que eu esperava ver. Uma pira enorme de fumaça e fogo crepidavam no meio da campina,juntamente onde Nessie estava. O cheiro era horrivel,pois parecia carne carniça queimada.


Me aproximei sem hesitar,e ao chegar perto,eu já não escutava mais nada a minha volta,e não enxergava mais nada,só aquele monte de carne podre sendo queimada.


Não era corpos das criaturas que vi agora a pouco e sim,corpos humanos.Em volta havia muitos rastros de sangue,como se tivesse borrifado com mangueiras sangue por toda a campina.Mas os meus olhos se atraíram para uma única evidencia,na qual eu não queria ter,pelo menos para ter a certeza que não queria.


Infelizmente estava ali.Uma ponta de tecido fino semelhante ao tecido do vestido que Nessie usava ainda não estava chamuscado pelas chamas,e uma mão pálida com uma pulseira pendurada e com um pingente em forma de lobo,estava sendo consumido pelo fogo.


Ao constatar o que aquilo era o meu pior pesadelo,meus joelhos cederam,e nem me dei ao luxo e vergonha de está na forma humana completamente nu.As lágrimas transbordavam de meus olhos.


Senti mãos e braços me tocarem,e tentativas de me tirarem daquela posição onde eu estava,mas era inútil. Tudo que só sei foi que fiquei até o fim de ver o fogo se apagar e deixar somente as cinzas daquele monte de destroços humanos.


Nem ao menos pude dar um enterro digno para ela,pois o seu corpo foi dilacerado pelo fogo,junto com os restos daquelas aberrações das quais ela conseguiu matar.


Minha Nessie se foi...Me deixou ...




Maldito seja quem fez isso...




( Flashi Back off )
Sentei ao sofá,me recordando da cada detalhe cada gota de sofrimento que senti por esses anos.Se não fosse com ajuda de todos chão que teria padecido no inferno,e carregando o meu filho junto comigo.A saúda era tanta que acho que poderia enlouquecer,mas se não fosse meu filho a cada dia sorrido e me fazendo feliz eu escutá-lo me chamar de pai,não saberia se eu estaria vivo.




Mas por ele eu tentei sobreviver a cada dia,para não fazê-lo sofrer...Tento ser forte em sua frente ,mas quando ele não esta vendo,derramo outra vez todas as lágrimas que posso deixa rolar.Como se eu estivesse vivendo aquele maldito dia.




Benjamim está com cinco anos,e é uma garoto inteligente e incrível.Ele se parece bastante com a mãe dele,e seus olhos tem a mesma cor.O seu sorriso também.




Mesmo ter passado estes anos e tivessem motivos para se mudarem,os Cullen continuavam a morar na cidade,mas se mudaram para um casa mais próxima a minha.E assim quando tenho que trabalhar deixo Bem com eles,para a tarde pegá-lo.


Trabalho! O trabalho que só tento me concentrar nele para não sofrer por segundos.Os rapazes sempre tentam me animar.Leah de vez em quando me ajuda com Bem em casa,mas ela tem a sua vida. E agora ela entrou na fase de ser só amiga do Embry,sabe lá deus porque.




Seth agora está de casamento marcado com a Anne,que como prometido,é a madrinha do Bem.E se tornou uma tia também muito coruja com ele.


Posso dizer que todos vivem as suas vidas tranquilas,mas quanto a minha...




Olho pro relógio,e são ainda nove da noite,mas escuto a porta do bater em direção ao corredor.




_Ue? Já está acordado? Bom,também depois do seu milésimo grito._ comentou Leah se sentando na poltrona da frente,com sarcasmo.Eu juro que por mais que ela seja uma pessoa legal e prestativa,mas suas ironias estavam me dando nos nervos.




_Se os meu gritos te incomoda,pra quem vem aqui? _ disse seco




Ela bufou e disse...




_Querendo ou não você é o meu alfa,e como beta tenho que fazer a minha parte em ajudar.E segundo eu já me acostumei com os seus gritos quando dormem. E terceiro e milhesima vez...Jack,você tem que se superar.Não pode continuar assim.Pensar no Bem.




Suspirei pesadamente de disse...




_O que acha que eu estou fazendo? Mas não me culpe,pois se estivesse em meu lugar,acho que seria eu te falando para superar.mas sabe que isso vais ser impossível._ respondi




Ela me olhou seria,mas sua expressão era de que entendeu o que eu disse.
_Certo,mas Jack...Eu sei o quanto você amou e ama a Nessie,mas acho que você tem que sair dessa concha e sair se divertir.Conhecer outras pessoas...Mas fazendo isso,não significa que está traindo o amor que sente por Nessie. E fora que seria bom você tentar forçar a rir sendo não está com vontade e rir de verdade.Por exemplo,que tal amanhã a noite ,iremos eu ,você ,Embry,Quil,Seth Anne,Kim,Jared,Paul e Rachel naquela shoperia de Seattle pra começar?




Ela tinha um sorriso animando,mas eu não estava afim de encher a cara de cerveja,e me esfregar com uma garota desconhecida por uma noite. Mas eu sabia e via pelo rosto dela que se não aceitasse ,ela iria me encher o dia todo de amanhã até eu aceitar.




Rolei os olhos e disse.




_Ok Leah. Eu vou. – disse derrotado. _ Só vou ter que arrumar uma baba para o Bem.




_Facil! Deixa ele com a Bella e o Edward.Acho que eles não verão problema. _ sugeriu ela.




Realmente ela estava certa,a depois da morte de Nessie eles se pudessem me convencer d’eu morar com eles para ter Bem ao lado dele,eles faria.




_Amanhã quando for deixar ele lá eu pergunto. Daí te dou a confirmação.




_Ótimo! _ disse ela rindo em triunfo.




_Cade o Bem...? _ perguntei.




_Deixei ele dormindo.Eu só queria sabe o que os avos dele o dão para ele ficar todo serelepe.Acredita que fiquei quase uma hora ali tendo que cantar aquela musica infeliz que o Paul cantava para ele quando pequeno?


Ri com o seu rosto de martírio.Mas quando eu ia falar alguma coisa,escuto uma voz conhecida.E me levantei indo em direção por onde vinha a voz.




Segui ao corredor e parei diante a porta do quarto do Bem.Fiquei em silencio escutando com quem ele conversava.Essa hora Leah estava a minha frente escutando também.




“Não chora mamãe! O homem mal te machucou? Vou pedir para o papai que vai ai com os meus tios te salvarem. _ pausou _ Mas...Tudo Bem.Amo você também.”




Sem hesitar acabei abrindo a porta,pois eu pensei que talvez estava sonhando. Mas ao contrario,ele estava sentado em sua cama e com um rostinho triste,e ao me ver forçou um sorriso para mim.


Me aproximei e disse...


_Filho,você está acordado...E com quem estava falando? _ perguntei me sentando na cama.




Ele suspirou pesadamente,e abaixou a sua cabeça,e respondeu bem baixinho.




_Não posso dizer.Prometi não contar._ disse ele.




Não entendi porque tudo aquilo,mas eu iria mesmo assim insistir.




_Bem,mas eu sou o seu pai...E acho que tenho o direito de saber.E além do mais eu escutei você falar.Então não acho que tenha motivo para manter segredo._ argumentei.


Ele me olhou com os olhinhos marejado e disse.




_Era a mamãe pai. Ela esta triste,um homem mal a está machucando...E eu a vejo,sofrendo,e chorando por esta longe de nós...


Ele dizia aquelas coisas,e não entendia.Bem sabia que a Nessie não estava viva,como também nunca menti para ele e muito menos fiz questão dele não ver as fotos de sua mãe.Do lado de sua cama tinha um enorme porta retrato coma foto dela com ele no seu colo recém nascido.E essa era a foto dele favorita.Mas como disse ela não estava viva e se houvesse uma forma de se comunicar,porque ela não faria isso comigo ? Ela poderia falar comigo.Mas que droga! O que é que estou pensando?


Balancei a cabeça e o interrompi.




_Filho a mamãe esta no céu.E ela se falasse com você ,ela também teria falado comigo...




_Pai,não é ela quem fala,sou eu quem falo com ela._ ele disse me interrompendo.




_Que? _ perguntou Leah antes d’eu mesmo dizer.






Mas essa que Bem disse era novo.Será que ele desenvolveu algum dom que pudesse falar com os mortos? Isso é loucura.




Procurei me afastar desse fio de esperança,e mudar de assunto.Eu não queria mais sofrer já do que já estava.




_ Tudo bem filho,acho melhor a gente falar disso amanhã.Melhor dormi que tem escola. _ disse


Bem fez uma cara de que não gostou e viu que eu não acreditei nele.Mas dentro do meu coração dizia que ele falava a verdade.Mas não,não vou me deixar levar por hoje.




_Ta pai. Boas noite. _ ele disse se deitando.
_Boa noite,meu filho._ disse dando um beijo em sua testa.




Me afastei de sua cama,a antes d’eu sair olhei para ele que estava olhando para a foto da mãe na cabeceira.E fechei a porta.Leah já estava no corredor a minha espera,e logo foi dizendo.




_Você acreditou no que ele disse? _ perguntou ela,mas eu já sabia o porque de seu tom de voz.


Ela sabia que eu poderia está me agarrando a uma nova esperança em falso,mas dessa vez não.Eu realmente precisava voltar a vida,então respondi a ela.




_ Leah se você esta pensando que vou ficar toda vez ao lado do Bem conversando com a alma da mãe,eu não vou. A atitude dele é normal de uma criança que deseja ter sua mãe ao lado.Além do mais sempre falo dela para ele e fora Edward e Bella que sempre contam as coisas que ela fez durante a sua infância.Então é normal ele esta assim.Mas com relação a mim não sou mais uma criança que tenho fantasias._ garanti.


Leah respirou fundo e assentiu,sem dizer mais nada.




Depois daquilo ela foi embora. E eu fiquei em claro sem conseguir dormir a madrugada toda...




Pela manhã tomei um banho antes de acordar o Bem.Assim que estava de banho tomado e vestido,fui acorda o moleque...Depois dele ter tomado seu café e escovado os dentes,fechei a casa e coloquei ele no banco de trás do carro,e o levei para casa dos avos.


Quando cheguei lá Edward já estava na porta a nossa espera.Pois hoje seria ele quem levaria o Bem a escola...




_Bom dia Jack! _ disse Edward assim que sai do carro. _ E você garotão...? Dormiu bem?_ perguntou ele colocando o Bem no colo.




_Bem vovô.E o senhor? _ perguntou Bem.Pois ele ainda não entendia das coisas de vampiros,apesar dele saber que seu pai era um lobo.




Edward riu com a pergunta dele e disse.


_Muito bem._ disse ele.


Então Bella saiu com Alice e Rosalie de dentro da mansão.




_Já era hora! _ resmungou a loira de farmácia.




Rolei os olhos ,mas que a reprimiu foi Alice.




_Rose! Não começa. E além do mais é muito cedo para reclamar de atraso._ disse ela
A loira ignorou a baixinha e e logo foi ao lado de Edward.
_Que seja! Vem cá minha coisinha linda da tia. – disse ela peando Bem no colo e lhe dando um beijo.




_Tia...! Que mico. Eu já sou homem..._ reclamou Bem




Todos riram com a reclamação do Bem.E então um uivo ensurdecedor ecoou por entre as arvores.Fazendo que todos ficassem em silencio.


_O que está acontecendo? _ perguntou Emmet saindo para o lado de fora da casa.




Mas foi Edward que respondeu.




_ É Leah e Quil. Eles estão chegando.




_Ta mas porque eles estão uivando assim? _ perguntou loira.




_ Surgiu um novo lobo.E pela suas mentes ele...Meu Deus! Não pode ser._ Edward dizia mas se interrompeu.




_O que foi? _ Bella perguntou preocupada,e nessa hora um a loba cinza e o lobo cor área atravessaram o jardim dos Cullen,vindo até nós.




Então resolvi ir me transformar,mas antes que eu me afastasse,um outro uivo como se algo estivesse sendo arrancado algum membro saiu da garganta de ambos os lobos.




_PAREM! _ gritou Edward e seus olhos pareciam fitarem o nada.




_PELO AMOR DE DEUS EDWARD,O QUE ESTÁ ACONTECENDO? _ exigiu Alice nervosa.




Rosalie segurava Bem como se pudesse proteger do perigo.




Mas então os olhos de Edward pararam em mim.E sussurrou...




_Mas...Renesmee...




_Como? _ foi tudo que saiu de minha boca.




_Ela...ela esta ...VIVA. _ disse ele por fim.




Não tive como me conter,pois um segundo eu era o Jacob Black na forma humana e em ouitro eu já estava na forma lupina. E agora captando a imagem em que meu sogro a viu em primeira mão.


Deus! Pois era ela...Com os cabelos mais cumpridos,com a face pálida e abatida,E usava um vestido longo e antigo .Mas os seus olhos cheios de lágrimas fitavam certos olhos que a única coisa que sentia por ele eram dor. Mas a ultima coisa que pude ver ela sussurrar como se soubesse que eu estava a vendo.


“Jack...! Eu te amo.” _ ela sussurrou.Pois logo em seguida um homem a puxou como fosse o seu dono e a levando fazendo a sua imagem sofrida sumir diante de quem a via.




Não tive como conter,pois a minha mulher ,a minha Nessie estava viva em algum lugar.E quem era aquela miserável que a levou?E que lugar era aquele? Mas só o que me importava era saber que lugar era aquele,pois eu iria buscá-la e trazê-la de volta ao meu lado a do nosso filho.




Deus!Será que realmente Bem falava com ela?




Quando voltei a me concentrar a visão do lobo que estava naquele covil onde minha Nessie estava se apagou.


Xinguei mentalmente,e na verdade todos xingaram,pois não deu tempo de ver onde ficava aquele lugar,mas pelo que reparei era uma imensa caverna ,e havia sons semelhantes daquelas criaturas Lycans.


_Sim ,são eles...E eles capturaram o novo lobo._ respondeu Edward




Minha mente só queria entender tudo,então Quil e Leah repensaram o que aconteceu antes d’eu me transformar.


O rapaz que se transformou era Miguel,um garoto de 14 anos ,que mora na reserva.Sam havia falado sobre ele,mas tínhamos esperança que não acontecesse,mas aconteceu.


E parece que sua transformação causou um dano muito grava,pois ele ficou com uma raiva de algo que sua mãe disse e explodiu em sua forma lupina.E seu desespero foi tão grande que ele saiu correndo sem rumo e ignorava as vozes dos garotos que o chamavam e tentava o acalmar.


Mas acabou que ele foi para em um lugar completamente desconhecido.com neve e gelo a volta.Até que ele parou sentindo um cheiro horrível ,e por fim foi atacado.


E pela suas lembranças ele só acordou quando foi açoitado como cão ,e sua fúria fez voltar a forma lupina e até que seu olhos foram até ela.




Mas nada do que vi,mostrou o local certo.Mas nada que estudar e prestar atenção ,pois uma coisa eu sei...Irei resgatara minha Nessie.




_Todos vamos._ respondeu Leah e Quil e Edward .




Olhei para eles e assenti...E assim seria...




*****************************************************


POV Edward:




Todo esse tempo foi de muito sofrimento.Bella estava inconsolável,e na verdade todos.Alice se culpava por não ter previsto o que aconteceria.


E não adiantava falar que ela não tinha culpa.E só o que a animava era quando ela saia para fazer compra tanto para ela quanto para todos.O pobre do meu neto não cabia mais nada em seu pequeno closat em sua casa.Até Jack se tornou sua vitima.




Mas mesmo assim ele não reclamava por um lado ele via que era uma forma dele não ficar se martirizando.Mas na verdade só o que nos consolava era ter o Bem em nosso lado.


Os anos passaram,e todos não queriam sair de Forks e ir para outro lugar e muito menos ficar longe do bem ,já que o Jack tem a sua loja e não queria deixar os seus negócios.Então decidimos construir uma casa perto da casa de Jack para assim ficarmos perto do meu neto.


Durante o dia Jack deixavam ele ao nossos cuidados e depois quando voltava do seu trabalho ,ele vinha buscá-lo. Ainda convivíamos com toda a matilha e mais unidos do que nunca para proteger o único elo frágil que era o pequeno Bem.


Quase tornou um lindo garotão de cinco anos e bem esperto. Ele era bastante parecido com Nessie,mas o caratê dele era idêntico ao do pai.To vendo que vamos ter um lobo para paparicar .




Hoje não tão diferente de todos Jack trouxe ele para ficar conosco,e como Bem entraria mais tarde na escola,seria eu quem o levaria.


Enquanto começava uma nova discurção provocada por Rose,Um uivo fez todos nos paramos de rir.


Leah e Quil entraram em nosso jardim ,e pude ver tudo em suas mente.E quando vi as imagens,eu não podia acreditar. O pobre garoto quem acabara de se transformar,foi capturado por aqueles infelizes que tiveram a audácia de virem aqui seqüestrarem o meu neto e matar a minha filha.Mas ai algo me chamou a atenção.Uma voz gritando ao longe,e era conhecida.


Não podia ser! Era impossível...!




Mas me enganei.Os olhos do lobo,se cruzaram com a dona da voz.Pois era ela.,A minha menina,minha filha linda.Renesmee.




E ela estava viva. Um rosnado saiu de minha garganta assim que vi um covarde a puxando para longe,mas antes ela sussurrou as palavras em mensagem para Jack .Ela de uma forma sabia que ele poderia esta vendo ou que alguém passasse para ele a sua declaração.E depois ela se foi...


Ela não morreu! E deus sabe porque aqueles filhos da lua a pegaram,mas como ela poderia esta viva ao lado daquelas criaturas incontroláveis?


Não importa! Só o que importa era que ela estava viva e precisávamos ver e encontrar uma forma de salvá-la.e isso encontrariamos.
                                 **BY:Lu Fanfics**

0 comentários:

Postar um comentário

Comente,critique,elogie e de as suas sugestões,mais sem ofensas ok?Que eu sou muito sensível rsrsrs.

Seguidores

Instagram

Neces In Love Story Copyright © 2013 - Todos os Direitos Reservados