Natiele Lopes. Tecnologia do Blogger.

Capítulo 2

POV ANYA
Depois de correr para longe daquele lugar ,onde deixei o meu amigo Alec,e minha família que não sabia que existia.Parei em um lugar que cujo o chão estava coberto de neve.As minhas lagrimas,não paravam de cair em meu rosto.
Porque ela mentiu,não e justo !
Ela escondeu de mim,como posso confiar nela?
(n/a: Anya por ser filha de mestiços,ela herdou a velocidade combinada,por ambas as partes de genes vampiro e lobo...Então ela corre numa velocidade absurda,que se alguém querer seguir seu rastro,não conseguirá encontrar,pois sua velocidade,não permite que o seu cheiro empreguinando no ar.)


POV ALICE
Estavamos correndo não conseguia ver nada , e não sentia mais o seu cheiro.


-Deus!Essa garota deve ter um super dom,pois ela consegue esconder o seu cheiro. - disse Rose.


-O que não é bom para nós,além do fato de eu não pode enxergá-la.Mas esse ponto cego é fácil de achar.- disse frustrada por não está com a minha visão aguçada.


-Eu a encontrei!Ali.Por trás daquelas arvores. – gritei


Imediatamente as duas corremos em direção onde eu indiquei.


E com previsto. Achamos Anya de joelhos,movida em prantos.


Rose de forma protetora,não hesitou e foi até ela.Dando-lhe um abraço.
-Xiii...Vai ficar tudo Bem- disse Rose sussurrando
-Vem.Vamos sair daqui,pois logo ira nevar.- eu disse
-Você pode correr querida?- perguntou Rose
Anya não respondeu,só fez um sinal em negativa.Rose a pegou no colo,e foram correndo em meio a floresta.Junto comigo em sua cola.


Pov autora


Alec tinha contado em partes do que havia acontecido,pois ele achava melhor que Ness contasse a verdade...


Pov Jake


-ela não podia ter escondido de mim que ela tive uma filha comigo—eu disse
-Você teria acreditado que ela esperava um filho seu?Você não notou nada ,só viu o que você queria ver,e não deixou ela falar nada.Realmente você deveria ir pro inferno , fez ela passar anos e anos sofrendo pelo modo como você a tratou você queria o que em vira lata?Quer um conselho?Morra, assim você não fará mas ninguém sofrer—disse Alec
--Já chega vocês dois essa discussão não vai adiantar em nada .E não podemos mudar o passado mas podemos fazer o futuro —disse Carlisle se colocando entre nós dois


As palavras dele doeram mais do que uma facada.


-O que a Ness disse para você Alec — perguntou Jasper


- Ela pediu para que eu levasse Anya para casa,pois ela queria falar com ela a sós,antes de vir falar com vocês...
-A minha filha não vai para lugar nenhum com você,seu sanguessuga...


-Eu vou .Minha mãe tem que me dar varias explicações.E não se preocupe.Eu volto.- disse Anya assim que cruzou a porta e sendo postada por Rose ao chão.


Olhei para minha filha com um amor que nunca pude dá por não saber que ela existea


-Mas e se sua mãe arrumar um jeito de fugir....


-Eu fujo dela,e vou morar com o senhor.- disse ela com um leve sorriso no canto dos seus lábios ;o mesmo sorriso que a Ness tinha quando estava aprontando.


-Não vaio ser preciso tanto.- disse Edward-- Alec disse a verdade.Nesse só que ter um momento privando com ela,antes devir nos contar a sua parte da historia.


-Alec,sabe até quando Ness vira para Forks?- perguntou Carlisle


-No máximo uns 5 dias.- disse Alec


Dali,Anya e Alec foram embora,e no dia seguinte,estariam no primeiro voltaram para França...


Pov autora

Ness estava apreensiva ,desde que recebeu o telefonema de Alec contando que encontrou a sua família e o seu ex marido...E que eles já sabiam de tudo,e que viram Anya...
E já se passavam quase 24 horas de que ela soube da noticia.E as horas não ajudavam em nada a passar,pois ela teria logo de enfrentar a fúria de sua filhar,por ela ter mentido a anos...E o pior não era em parte ela enfrentar a raiva da filha,ou as criticas e exigência de sua família,e sim pelo que ela conhecia de seu grande amor,ele iria recriminá-la,acusá-la de tudo...
Alec tinha dito a ela,para ela não ir buscá-los no aeroporto,pois era melhor evitar,que houvesse um vexame na frente de todos.E isso fez com que ela ficasse mais nervosa,pois concluiu que sua filha estava muito revoltada...Duas horas se passou,e foi então que a porta se abriu...


POV Anya:


Entrei no apartamento, não tinha falado com ale desde nosso encontro com minha nova família


--Filha eu ...—disse mamãe, vindo em minha direção.
--Sem rodeios ,sem mentiras , sem enrrolação .Eu quero toda a verdade agora—eu disse


--Olha... eu acho melhor a gente...—disse Alec


--É melhor você ficar quieto ,porque você não tem nada a ver.


--Não fale assim com Alec.- repreendeu me mamãe.


--Não fale assim?Eu tenho algo melhor a falar. Já e patético ver ele servindo de capacho para a senhora por todos esse anos a troco de nada.


--Anya Black Cullen veja como fala ! você não tem o direito de falar assim com ele pois...


--Ness calma, ela esta nervosa —disse o Alec


Fiquei surpresa por ele não está chateado.


-Mas Alec...,ela não tem direito de falar assim desse jeito com você.


-Ela tem o direito de falar como quer,pois mentimos para ela...E eu principalmente,fiz parte dessa mentira.


-Não...- dizia mamãe ,mas a interrompi.


-Vocês vão para com essa rasgação de seda?Ou vão começar a me explicar tudo...?Do porque o meu pai está vivo,e os meus avos e bisavós então vivos,quer dizer,tecnicamente vivos?- exigi
-Céu! Toda a sua doçura,escondeu o quanto ela se parece com o pai- sussurrou Alec,e suspirou.Então ele olhou para mamãe e disse.- Vou deixar vocês a sós...



-Não... fique.Você faz parte de tudo isso,então fique. - disse mamãe o interrompendo,e e Alec assentiu para ela.
Mamãe olhou para mim e disse:


-Tudo bem,vou te contar tudo...


Pov autorora:
Uma hora depois,Nessie contou a Anya do porque tinha escondido a sua existência de seu pai,e a ela também...Contou o motivo em que eles se separaram,e o modo que sentiu que se contasse a ele que estava grávida e ele,não acreditasse que fosse o pai e a ofendesse de varias formar injustas.E já bastava ele não ter acreditado na sua fidelidade...E que não quis contar que ele estava vivo para ela,porque tinham medo também,que ela o procurasse e a ofendesse dizendo que era para ela procurar o seu verdadeiro pai...
-Ele seria muito burro de não acreditar,pois qualquer idiota veria o quanto ela é a cara dele.- disse Alec interrompendo a ultima coisa que Ness dizia.
POV Anya
Já estava ficando mais calma e vi que não deveria ter dito quilo tudo para minha mãe , e não foi justo
"Por causa de uma mau entendido,seus pais se separaram,e o medo,o orgulho,fortaleceram a distancia entre eles.Mas agora existia algo que unia eles,Que por sua vez era ela.Então Anya tomou uma decisão.Ela iria morar com seu pai,e mostrá-lo o quanto ele foi um idiota em não acreditar em sua mãe...E fazer os dois voltarem,pois tudo o que ela queria ,era ver seus pais juntos como uma família,a amando,e juntos felizes...Então,esse agora em diante seria o seu objetivo,juntar o seus pais.´´


POV Ness
Dois dias depois...
Tudo estava preparado para irmos a Fosks reencontrar a minha família...Anya por estes dias não havia falado nada...Agia normalmente,e não havia pedido desculpa...
Esse lado temperamental dela, eu ainda não havia conhecido,mas lhe daria o tempo que ela precisasse,pois era de compreender que ela ficasse assim,porque seria surpresa ela agisse ao contrario ao saber que tudo o que acreditava era mentira...E agora teria que encarar uma nova vida,uma família que pertencia a ela,mas a oportunidade de fazer parte dela foi decidida por outro que não seria parte dela,mas agora ela estava ali,preste a fazer parte.
-Já esta tudo pronto?- disse Alec parado na porta do meu quarto
-Sim...Só vou pegar esta agasalho,e já podemos ir.- disse pegando um sobretudo preto,e colocando apoiado em seu antebraço.
-Vai levar só uma mala?Pensei que você ficaria mais tempo.já que...- perguntou Alec,vendo a única mala pequena que tinha feito,para sua viagem a Forks
-Só vou esclarecer tudo com a minha família...os meus pais- suspirou-...ao Jacob.- disse pegando minha bolsa ,enquanto Alec pegou a minha mala.- E depois voltarei para casa.E como você já sabe Alec..., aqui eu tenho uma vida construída. - disse olhando nos olhos dele .
-Está certo - disse Alec vendo que não tinha nada mais para falar.
-Onde está Anya?- perguntei áa no corredor da sala.
-Ela já está no carro esperando- respondeu ele


-Certo.Passagens,passaportes...chaves...carteiras.Bom não falta nada.Então vamos.- disse acabando de conferir minhas coisas.


Pov autora:
Em seguida,Ness saiu de seu apartamento trancado tudo...,e indo para o carro.
Durante o percursso para o aeroporto,todos ficaram em silêncio,pois Ness estava nervosa,e Anya muda como ultimamente ficava..., e quanto a Alec com a expressão de que se não dirigisse a palavra para ela,ele não falaria nada.
Então para quebrar o silêncio,e espantar um pouco a ansiedade,Ness começou a falar...
-Alec,você tem certeza de que não quer ir? - ela insistiu.
-Não Ness...,e você sabe que não sou muito bem vindo.Ainda mais que todos acham que eu sou o culpado de tudo o que te aconteceu...- ele disse com um tom de desanimo.
-Alec você não tem culpa de nada.E além do mais,se não fosse por você ,eu acho que estaria perdida por ai no mundo.- disse Ness
-Eu me pergunto! Você só ajudou a mamãe por se senti se culpando,pela a separação dela com o meu pai? E se fosse assim,então porque ao invés de ajudá-la a fugir,não foi até meu pai conta-lhe toda a verdade?De que nunca aconteceu nada entre vocês dois?Não fez isso por egoísmo?Ou...ou... - disse Anya pela primeira vez.
Nessie olhou para filha,enquanto ela fala tudo aquilo...E viu que ela perecia falar mais para si mesmo do que para Alec e ela.
Quando Nesse pensou em reprimir a filha por aquelas palavras,Alec lhe dirigiu um olhar de que era para ela a deixá-la em paz...De principio ela não entendeu pela tranquilidade de Alec ao se r acusado daquele jeito,mas depois ela analisou,que Anya falou de um jeito tão carinhos,que aprecia que ela acariciava as palavras,que pareciam doce,ao invés de amarga.
E pode também notar que Alec a conhecia mais que sua própria respiração.E por isso ela tolerava e entendia as atitudes de Anya.
Já no aeroporto,esperando para a chamada pero vôo,Nesse andava para um lado e par o outro.E de vez em quando olhava para a filha que esta sentada numa cadeira de espera,olhando para a lata de coca em sua mão,sem intenção de tomá-la.E Alec ao lado dela em silêncio,olhando para ela quando como se furando o chão de andar de uma lado para outro.No fundo ela sabia que Alec sabia que ela estava nervosa,e porque e por quem...E antes que seu olhar a deixasse mais nervosa,ela resolveu falar com ele.


Pov Ness


-Alec...o que vai fazer este tempo que ficarei fora?
Ele olhou e disse:
-Estou pensando em visitar a minha irmã.- ele disse tranquilamente.
Nesse momento,o pânico tomou conta de mim
-Alec você não está pensando em...olha você...-
-Calma Ness...Eu não vou até Volterra.Vou encontrar com ela igual eu fiz da ultima vez...E não sou louco de ficar de frente com Aro,e dar a ela um monte de informaçõe que não cabe a ele. - explicou ele.
Alec realmente uma vez ou outra ele ,visitava a sua irmã,mas sempre toma cuidado,para que ninguém o seguisse...Sua irmã dessas poucas vezes tentou fazer com que ele voltasse para a guarda,mas sempre recusava,até que ela desistiu.
Ele as vezes temia,que ela descobrisse o nosso segredo,e contasse a Aro...E sumiu por um bom tempo,para que ela não insistisse ou tivesse a chance de segui-lo e descobrir tudo.Mas graças a Deus,não aconteceu.
-Então...- quando começava falar,e deram o sinal de embarque.Em fim chegou a hora de ir, rumo ao vou que me lavaria talvez para o meu massacre.
-É a hora.- disse e Alec sorriu.- Vamos Anya.
Anya se levantou sem dizer nada,e fomos para o portão de embarque.Alec foi conosco,e quando chegamos ao portão,dei um abraço nele.Cheguei a pensar que Anya iria desprezá-lo,mas por incrível que pareça,ela falou com ele.Mas não deu o beijo que sempre dava nele,seja quando chegava em casa,ou quando encontrava com ele em algum lugar,


-Tchau!- sussurrou Anya para ele.


Alec a olhou com um olhar triste,mas a respondeu.E eu juro que vi a vontade dele em paga-la no colo e abraçá-la com força.E se ele não fosse vampiro,acho que naquele momento ele estava chorando.


Ele a amava tanto,que deveria não esta sendo fácil para ele lidar com a sua frieza.


Sem delongas ,entramos no avião.Já acomodadas.o piloto de o sinal de decolagem...


"Apertem os cintos,E Boa viagem"
                             **BY:Lu Fanfics**

0 comentários:

Postar um comentário

Comente,critique,elogie e de as suas sugestões,mais sem ofensas ok?Que eu sou muito sensível rsrsrs.

Seguidores

Instagram

Neces In Love Story Copyright © 2013 - Todos os Direitos Reservados